giovanidigesu.com header

Desintermediando seu modelo de negócios

Venda direta ao consumidor final, sem despesas de TV, sem rede de pontos de venda, menor capital de giro, com maiores margens –

A Unilever acaba de pagar cerca de 1 bilhão de dólares pelo Dollar Shave Club, uma empresa de 5 anos, que faz venda direta ao consumidor final de produtos masculinos para barbear e higiene pessoal. Por que? Para, concretamente, capturar todas as margens da cadeia de atacado e varejo entre a Unilever e o consumidor final. O sucesso do Dollar Shave Club, na opinião do CEO da Unilever, “é uma oportunidade única de aprendizado (!)”. O atacado e o varejo Americano já estudam o assunto, pois, evidentemente, pode retirá-los do jogo em várias categorias de produtos.

A outra idéia interessante é a possibilidade de atender nichos de mercado, com produtos de valor agregrado, com alta margem, como, por exemplo, suplementos alimentares, cosméticos, medicação sob prescrição e OTC para pacientes crônicos. Evidentemente, salta aos olhos a possibilidade de ganhos de expressivos de margem na prospecção, marketing e vendas, com a migração da ações mídia televisiva, de rádio, marketing, merchandising, comercialização para os canais digitais.

Casos começam a surgir mundo afora, com apoio em plataforma web, simplificação expressiva de cadeias de valor, supply chain, otimização de despesas comerciais e resultantes ganhos de margem. Já os temos aqui no Brasil e há muito a fazer.

Interessantíssima oportunidade de negócios, em especial em países com a diversidade e dimensão geográfica do Brasil.

Aaron Wojack for The New York Times
Aaron Wojack for The New York Times

How Companies Like Dollar Shave Club Are Reshaping the Retail Landscape

Published by

blank

Giovani di Gesù

Giovani di Gesù is a partner at Envision Management Consultants.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.